Pensamentos elevados

Pensamentos elevados

A permanente vigilância do ser humano sobre si mesmo, procurando só emitir pensamentos elevados, é fator primordial para evitar-se erros, muitas vezes difíceis de reparar. Sabemos que a perfeição neste plano físico não existe, porque viemos encarnar para resgatar débitos de vidas pregressas. A consciência de si mesmo, sendo um atributo do espírito, aciona o raciocínio lógico para os erros cometidos, buscando as respostas para os nossos atos e atitudes impensadas. Os pensamentos elevados em ação auxiliam a suportar as injustiças e decepções que sofremos, pela diversidade de graus de evoluções existentes no planeta Terra. Não adianta sentirmos revolta ou questionarmos certos atos e atitudes, praticados diariamente por nossos semelhantes. Cada um dá o que tem e só os esclarecidos da vida fora da matéria estão conscientes de que a natureza não dá saltos e todos caminham em busca da evolução espiritual. Os atributos da tolerância e paciência, sempre repetimos, têm que ser acionados constantemente em prol do nosso aprendizado e crescimento neste plano físico. De conformidade com as leis naturais e eternas, a evolução da partícula individualizada (espírito) depende da bagagem adquirida em vidas passadas e do seu aproveitamento enquanto espírito encarnado neste plano Terra. Se todos agissem de acordo com os preceitos cristãos, preconizados por Jesus outro seria o viver na Terra, com amor ao próximo, desprendimento, senso de justiça, compreensão, entre outros atributos do espírito.
Rose Monteiro
Assistente da Filial Santos do Racionalismo Cristão

4 Comments:

  1. Elaine Santos

    Pensamentos elevados é uma forma de estar em sintonia com o Criador. E, desta forma, vamos criando energias positivas para transmutar situações negativas na vida em particular, do outro e assim cooperar para a paz do ambiente. Sempre com palavras de bom ânimo, um sorriso no rosto, procurando sempre agir corretamente, dentro dos preceitos cristãos. Se na vida, desde tenra idade, o ser humano for orientado a raciocinar com esclarecimento no pensar positivamente, altruistamente, evitaria-se muitos casos críticos na vida em particular. Devemos reeducar nossos pensamentos, eliminando por completo tudo que é negativo. E já citava Jesus o Cristo, “conforme pensais, assim serás.” As palavras e ações têm poder de gerar energias, então que sejam para criar energias cósmicas boas. Sempre ao acordar mentalizarmos pensamentos bons para nós. E para nosso próximo, como em todo o dia e assim em todos os dias. A paz

  2. Fabio Mesquita Franco

    Pensamentos elevados é o mesmo que pensamentos do bem. Como duas são as correntes neste planeta-escola, convém sempre utilizarmos o nosso atributo do raciocínio em conjunto com o equilíbrio espiritual para vibrarmos somente na corrente do bem. Porém, sabemos o quanto é difícil, principalmente quando somos contrariados. Mas a verdadeira luta na Terra é para educar o nosso eu animalizado, pois o que foi necessário no passado para evoluirmos (reino animal) deverá ser desconstituído de nosso corpo fluídico, e é através do raciocínio que nos foi concedido aliado ao livre-arbítrio utilizado para o bem é que devemos produzir pensamentos elevados.

  3. José Augusto de Almeida

    Pensamentos elevados são todos bons pensamentos, porque geram boas energias, por isso somos o resultado daquilo que sintonizamos. E os nossos pensamentos e atos no cotidiano da vida são responsáveis por esta sintonia que pode ser de alta ou de baixa frequência vibratória. A existência da aura ou do campo energético, que envolve o nosso corpo físico, é uma confirmação científica realizada através da bioeletrografia, é a nossa verdadeira carteira de identidade astral, a fórmula para a mudança interior refletida na aura, é simples, objetiva e natural: “bons pensamentos geram boas energias…” E o instrumento de uso desta reforma é o livre-arbítrio, condição inerente aos seres dotados de inteligência e capacidade de discernimento.

  4. Cynthia Maria Azambuja Corrêa

    Pensamentos elevados, realmente têm uma finesse.
    O desprendimento, o desapego mesmo sobre as pequenas coisas e o tempo para dedicar-se a si com firme propósito, contribuem para tornar leve a condição do “pensar para o bem querer”.
    Os pensamentos elevados e a Lei do bem querer, conjugados conscientemente, geram a jovialidade do ser.
    Por essa razão, quando um ser está totalmente voltado para a grande causa do RC, emite um brilho esplendoroso no seu semblante. Além desse esplendor, há os que também têm um aumento acentuado no brilho do espírito, realçada a emissão dessa luz, às vezes enxergamos o aura majestosamente. Com certeza absoluta, nesse “momentum” esse ser está na mais alta vibração do pensamento elevado. Texto muito bom acima. Grande abraço. Dra.Cynthia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *